Dados conectados: benefícios para proprietários e indústria AEC

Historicamente, as informações eram documentadas em papel e depois arquivadas em caixas de armazenamento. 

Com uma plataforma baseada em nuvem, hoje os proprietários podem armazenar digitalmente todos os dados operacionais e mesclá-los com os dados de projeto e construção para criar um gêmeo digital que pode ser acessado a qualquer momento. 

Muitos governos, como proprietários de infraestrutura pública, estão migrando para uma abordagem baseada em dados. 

Em 2016, o Reino Unido criou uma linha de base de interoperabilidade e dados implementando um mandato de nível 2 de BIM para todos os projetos públicos. 

Valeu a pena: o aproveitamento de dados conectados para AEC resultou em custos de ciclo de vida 33% (PDF, pág. 21) mais baixos. 

Como proprietários se beneficiam?

Em média, 80% a 90% dos custos de vida útil de uma instalação ocorrem durante sua operação. 

Os benefícios dos dados de desempenho operacional podem ajudar os proprietários a tomar melhores decisões para manutenção e planejamento, bem como economizar custos operacionais. 

Quando a construção estiver concluída, os proprietários querem mais do que apenas as chaves – eles querem informações digitais para melhores resultados.

Mas, e o que mais eles querem?

1. Gêmeos Digitais

Um gêmeo digital – uma réplica virtual de uma estrutura repleta de dados – deve ser entregue aos proprietários após a construção. 

A tecnologia digital dupla (como Autodesk Tandem) cria uma série de informações para o ciclo de vida, do projeto à desativação. 

Os proprietários podem vincular dados operacionais de sistemas de controle de edifícios ao gêmeo digital para análises de desempenho em tempo real. 

Esses dados conectados ajudam os proprietários a tomar melhores decisões para planejamento e renovações e permite a manutenção preditiva para limitar interrupções. 

2. Insights para otimizar as operações

Os proprietários querem mais do que fatos e números estáticos.

Eles querem percepções acionáveis para informar melhores decisões. 

A tecnologia concede acesso a informações granulares em tempo real para monitorar conjuntos de dados, como a forma como os ocupantes e a circulação de ar se movem em um edifício. 

No Ames Research Center da NASA , os sensores das instalações da Base de Sustentabilidade de 50.000 pés quadrados monitoram coisas como a temperatura ambiente e o uso da água na paisagem, permitindo uma abordagem interativa para o gerenciamento do ciclo de vida do edifício. 

3. Automação para planejar o próximo projeto

Os dados também podem oferecer suporte a ambientes automatizados. 

O aprendizado de máquina e a IA ingerem informações existentes para simular cenários possíveis. 

O software de design generativo cria milhares de opções para monitorar e analisar ativos atuais, redesenhar espaços ou planejar o próximo projeto. 

Em uma fábrica da Airbus , um layout ineficiente forçou os trabalhadores a caminhar longas distâncias para buscar ferramentas e materiais. 

Para maior eficiência do fluxo de trabalho, o Airbus rastreou digitalmente o movimento humano, usando um design generativo para reconfigurar a fábrica. 

Ao conectar os dados existentes e os resultados desejados, a empresa criou um projeto melhor que usou mais materiais renováveis, como concreto líquido zero . 

Dados conectados para AEC: benefícios para todas as partes interessadas

  • Um ambiente de dados comum com uma plataforma baseada em nuvem oferece aos proprietários um instantâneo do ativo para decisões informadas e custos de ciclo de vida reduzidos. 
  • Edifícios equipados com IoT oferecem análises de desempenho em tempo real para que os proprietários possam gerenciar elementos individuais para melhorar a função geral e reduzir os custos operacionais. 
  • Os dados conectados – habilitados por meio de plataformas – permitem maior automação para agilizar processos, reduzir erros e retrabalho e eliminar redundâncias. 
  • Os dados conectados oferecem suporte à sustentabilidade, ajudando os proprietários a fazerem escolhas para reduzir a pegada de carbono de um ativo construído. 
  • As plataformas suportam dados granulares para que os proprietários possam acessar subconjuntos de informações para maior agilidade e resolução de problemas mais rápida.

Informações adicionais

Deseja saber mais sobre o assunto? Então, confira o artigo na íntegra (em inglês) no site da Redshift Autodesk.

Converse com um de nossos especialistas e descubra como nossos serviços e soluções BIM e GIS podem ajudar a inovar e transformar os negócios da sua empresa. Fale com nosso time →

Você sabia que somos um Centro de Treinamento Autorizado (ATC®) da Autodesk?

Acesse o site da FF University, nossa plataforma EAD de treinamentos e conteúdo BIM e inovação para o setor de AEC.

 

Traduzido e adaptado pela equipe de Comunicação e Marketing da FF Solutions

Autor original: Nicolas Mangon, vice-presidente de AEC, Estratégia de Negócios e Marketing da Autodesk.

Raquel Volpe

Formada em Comunicação Social com habilitação em Mídias Eletrônicas pela Estácio Florianópolis. Integra o time de Comunicação & Marketing da FF Solutions, à frente das ações de Marketing de Conteúdo.