Saiba o que é Overmodeling (excesso de modelagem) e como evitá-lo

Overmodeling é o termo utilizado para caracterizar o excesso de modelagem de detalhes em um modelo BIM (Building Information Modeling). Isto pode acontecer tanto no projeto, quanto no desenvolvimento dos elementos e, embora a aparência do modelo se torne mais agradável, a falta de planejamento na utilização desta prática pode condenar um modelo BIM já em estágio avançado de desenvolvimento.

Todos sabemos o quanto é importante a informação, ainda mais quando o foco da metodologia de trabalho é a informação. No entanto, dispor a informação de maneira inteligente é importante para se extrair o máximo do que o BIM tem a oferecer. Na criação dos elementos (famílias), a modelagem de geometrias complexas ou formas com excesso de parâmetros que os alteram graficamente é o mais comum tipo de utilização de overmodeling.

Outro motivo comum que nos leva a utilizar esta técnica é a falta de clareza no conceito do termo LOD, que antes se referia a Level of detail e hoje é visto como Level of development. Este segundo termo, une o conceito de LOD e LOI (Level of information). Resumidamente, chegou-se a conclusão de que nem todos os detalhes precisam ser informação gráfica, mas se a informação é importante, ela deve existir.

Modelagem

Por exemplo, a modelagem de parafusos e porcas em uma união de eletrocalha (bandeja de cabos), é um detalhe gráfico pouco importante, mas se a informação de quantidade destas peças é necessária, ela deve existir de forma não gráfica, ou seja, no nome do elemento ou em um parâmetro de texto.

No entanto, a modelagem de detalhes pode beneficiar muito o aspecto visual do modelo 3D, beneficiando também as renderizações e melhorando a sensação de imersão ao realizar passeios virtuais. Pode parecer pouco, mas essa experiência é muito agradável ao cliente final.

O excesso de overmodeling em um projeto pode causar a “sobrecarga” do modelo e reduzir o desempenho durante o desenvolvimento, prejudicando a produtividade de projetos de maior densidade, principalmente quando há equipes multidisciplinares atuando simultaneamente. Os efeitos são progressivos, de baixa percepção em projetos pequenos ou nas etapas iniciais de um projeto, e reverter este efeito exige a atuação de um profissional qualificado para evitar a perda de informação e, consequentemente, o retrabalho.

Em contrapartida, deixar de modelar detalhes, além de reduzir a qualidade do produto de forma visual, exige atenção para que não faltem informações necessárias, principalmente para o orçamento e a execução da obra. A decisão sobre a frequência de utilização desta técnica em um projeto afeta todos os envolvidos e pode comprometer o resultado do projeto, ou seja, mais tempo para executar tarefas simples e menos tempo para soluções mais complexas.

A importância do planejamento

A solução é planejar: entender o objetivo e as expectativas que devem ser atendidas, no início do desenvolvimento do modelo, e traduzir isso na utilização precisa do overmodeling. O resultado pode, e deve, ser um modelo 3D inteligente, desenvolvido de maneira produtiva e o mais preparado possível para as demais utilizações do ciclo de um projeto BIM.

Para mais informações sobre boas práticas de modelagem, acesse este link.

Informações adicionais

Você sabia que somos Centro de Treinamento Autorizado (ATC®) da Autodesk? Confira nossa agenda de eventos e treinamentos!

Para mais informações, entre em contato conosco: (11) 3224-1900, (11) 97303-7929 (whatsapp) ou [email protected]. Acompanhe também nossa página no Facebook.

Leia mais

[Artigo] Captura de realidade e BIM: Um único fluxo de trabalho →

[Artigo] Novo Decreto da Estratégia Nacional de Disseminação do BIM é aprovado →

[E-book] O que é BIM? Entendendo os conceitos da Modelagem da Informação da Construção →

[Artigo] 8 Razões para atualizar sua versão do Revit →

[Artigo] 5 termos do Revit que você precisa conhecer →

Renan Carvalho

Engenheiro Civil com mais de 3 anos de experiência em edificações. Já trabalhou como projetista e coordenador BIM em empresas de engenharia, conquistando ampla experiência na implantação de processos e desenvolvimento de projetos de grande porte. Na Frazillio, atua como Especialista Técnico em Edificações com foco na informação gerada em todas as fases de um empreendimento. A ideia é buscar a melhor solução, sempre extraindo o máximo das tecnologias disponíveis.