Design Generativo: O Futuro do Design que chegou para ficar

Ultimamente falamos muito sobre as novas tecnologias e como elas estão chegando com o intuito de aumentar a produtividade e diminuir os gastos e os erros humanos. Falamos sobre BIM e como os seus sistemas influenciam diretamente na qualidade do projeto e na economia (tanto financeira quanto de tempo).

O Design Generativo é uma nova estrutura de trabalho que está chegando em grande velocidade e que traz soluções de design no apertar de um botão.

Vamos utilizar uma cadeira como exemplo de como o design generativo funciona. Para pensar no design da cadeira, quanto tempo seria utilizado para chegar na combinação perfeita entre estética, funcionalidade e estrutura? Que critério seria utilizado como o mais importante na situação em que não seja possível obter a combinação perfeita de todos eles? Quanto material seria desperdiçado ao pensar em um design interessante, mas que exigiria uma estrutura mais complexa? E ao final de tudo, quantos designs seriam possíveis de obter?

Por mais surreal que isso pareça ser, o Design Generativo traz todas as soluções para as perguntas acima, e ao final de tudo ele poderá dar centenas e milhares de opções de design para que possa ser escolhido. O modo tradicional da concepção do design que conhecemos é a utilização da criação humana e do desenvolvimento do projeto a partir da tecnologia, no caso algum software de desenho como o AutoCAD.

 

1-1024x384 Design Generativo: O Futuro do Design que chegou para ficar

 

2-1024x372 Design Generativo: O Futuro do Design que chegou para ficar

 

Como funciona?

O designer recebe o projeto e levanta as principais características funcionais do produto final, como por exemplo o material que será utilizado, qual o peso que deverá suportar, onde o objeto receberá mais cargas e, portanto, onde deverá ser mais reforçado. Todas essas informações são levadas ao software que, através dos algoritmos de inteligência artificial e do trabalho em nuvem, oferecem milhares de opções de design que responderão a todas as suas questões e que poderá:

 

1) Economizar tempo

Uma pessoa consegue criar diversos designs, mas um computador consegue gerar milhões deles, juntamente de dados que comprovam sua eficiência.

 

2) Impulsionar a criatividade

O design generativo oferece novas oportunidades para que designers e engenheiros saiam do comum e explorem designs que não teriam imaginado sozinhos.

 

3) Economizar tempo

No processo de design são feitos testes e simulações para evitar mudanças no processo de fabricação.

 

4) Criar uma nova geometria

O software possibilita a formulação de geometrias complexas e dessa forma possui diálogo direto com a impressão 3D que possibilita a fabricação desses objetos.

 

 

Que soluções Autodesk podemos utilizar?

O processo de Design Generativo teve início para a Autodesk com o projeto Dreamcatcher que realizou diversos estudos sobre o desenvolvimento do conceito de design generativo. Atualmente alguns dos softwares que também trabalham nesse conceito são:

 

• Autodesk Within

Projeta estruturas internas parecidas com grades que permitem resultados mais leves que os originais, mantendo resistência ou flexibilidade de acordo com as necessidades do projeto.

 

3-1024x241 Design Generativo: O Futuro do Design que chegou para ficar

 

• Autodesk Inventor

Durante o processo de design, o usuário define um formato básico para o componente e o Inventor fornece um novo formato, respeitando as restrições do inicial porém otimizando resistência e peso. É possível aplicar restrições e cargas de acordo com as necessidades reais, inclusive restringindo parâmetros como uma espessura mínima, por exemplo. Dessa forma, além do software otimizar o design, torna o processo de criação mais rápido reduzindo o tempo de pós-modelagem.

 

4-1024x320 Design Generativo: O Futuro do Design que chegou para ficar

 

• Fusion 360

O Fusion 360 auxilia todo o processo de criação de um produto, desde a modelagem, seja de formas livres, como superfícies, t-splines como no Alias, ou modelagem paramétrica como no Inventor, até o final, a fabricação por meio de impressão 3D ou usinagem em CNC.

 

5-1024x342 Design Generativo: O Futuro do Design que chegou para ficar

 

 

Informações adicionais

Para mais informações, entre em contato conosco: (11) 3224-1900, (11) 97303-7929 (whatsapp) ou [email protected]. Acompanhe também nossa página no Facebook.

Você sabia que somos Centro Autorizado de Treinamentos (ATC®)  da Autodesk? Acesse nossa Plataforma de Treinamentos e saiba mais!

 

Conteúdos relacionados

[Artigo] Smart Cities: O conceito que está transformando o Futuro das Cidades →

[Artigo] BIM: Tendência mundial na indústria de projetos e construção e suas Políticas Globais →

[Artigo] Usos do BIM para Infraestrutura: Conheça os Cases de Sucesso de nossos Clientes →

[Artigo] Presidente Temer inicia nova plataforma em BIM →

[Artigo] Conheça os Benefícios do BIM para Engenharia Civil →

[E-book] 5 Benefícios do BIM para a Engenharia Civil →

[E-book] Introdução ao BIM – Um guia para o seu primeiro projeto →

[E-book] Etapas para o Processo de Implementação BIM (Building Information Modeling) →

[E-book] Case de sucesso l Catter Engenharia: Projeto Executivo de Infraestrutura Rodoviária em BIM →

[E-book] Case de sucesso l Canhedo Beppu: Projeto Executivo de Infraestrutura Rodoviária em BIM →

[E-book] Case de Sucesso l CPTM: Implementação do BIM na CPTM →

 

Natalia Magatti

Formada Arquiteta e Urbanista pela Universidade São Judas Tadeu (USJT) em 2016 e atua na Frazillio desde 2018 como Analista de Treinamentos. Trabalha com softwares BIM desde seus estudos sobre os usos de Revit em 2014 elaborando modelos 3D e pós produção de imagens utilizando softwares como AutoCad, 3Ds Max e plataformas como A360.

Cadastre-se para receber a nossa Newsletter

Próximos Eventos

Ver Mais >